quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Dorzinha dolorida, viu??


Quase todas as gestantes experimentam dores nas costas em algum momento na gravidez. A maioria dos relatos que escuto, é que essas dores surgem a partir do terceiro trimestre de gestação, lá pelos 7 meses.

Só para contrariar as estatísticas, eu já tenho sentido essas dores há algumas semanas, mas está piorando com o passar do tempo. Para ser precisa, essa dor se localiza lá embaixo, no finalzinho das costas, mais ou menos um palmo acima do bumbum.

Se fico muito tempo sentada, dói. Se fico muito tempo em pé, dói. Se ando muito (e nesse ponto, infelizmente estão inclusos passeios em shoppings, snif snif), dói. Se estou deitada num lugar baixo (colchão no chão por exemplo) ao me levantar, dói. E dói muito, às vezes dou até um gritinho.

Ontem na faculdade, a dor era tão intensa que andei mancando pelo campus e assim fiquei o resto do dia. Notei, inclusive, que se carrego peso, a dor piora, e nem precisa ser um peso muito grande não, qualquer pesinho, ta me derrubando. E isso é terrível pra mim, pois eu fico só o dia inteiro, preciso carregar compras, materiais da faculdade, trocar um móvel de lugar, enfim, coisas corriqueiras.

Com o crescimento do útero, o centro de gravidade do corpo da mulher é movido para frente, sobre as pernas, o que acaba afetando todas as articulações que estão mais frouxas, sem contar com os aumentos hormonais.

Existem algumas dicas para prevenir ou diminuir a dor, sigo algumas delas mas acho que não está fazendo muito efeito não. Porém hoje eu amanheci sem dor. Estou levemente desconfiada que me excedi um pouco na aula de cerâmica ontem. A professora me proíbe de fazer qualquer esforço, mas ontem tinha uma colega completamente perdida na aula, e para ajudá-la, bati a argila para ela (que por sinal, é o maior esforço de todos que precisamos fazer), mas eu só fiz uma demonstração para ajudá-la. A professora nem viu isso, acho que ela tinha saído para fumar...

Sei não, viu??
.............................................................................
Comentário dos comentários
Acho que esse foi, de longe, o tópico mais polêmico de todo o blog, como são apenas duas correntes de pensamento (rs), vou dividir os comentários em dois grupos:
1.Grupo favorável a um “L” só: Aline, Isadora, Márcio e Josie. Para ser sincera, achei todos você muito radicais em suas opiniões, ou melhor, concordo com tudo que vocês disseram, mas acho que não se aplica ao caso. Concordo que um nome deve ser simples, adore nomes pequenos e simples e não acho que um “L” a mais tiraria essa simplicidade. Concordo também que menos é sempre mais, por isso escolhi esse nome, pequeno não duplo, sem rapapés, já pensou se fosse Malluh, ou Malw (com “w” no lugar do “u” (rs) ou Mhallu Steffanny, aí sim, poderíamos falar em excesso. Mas Mallu, realmente não é excessivo.

2.Grupo favorável a dois “L”: Tassyo, Priscila, Indira e Renata. Como vocês, não acho que um "l" seria um excesso e concordo que pode até ser um charme, só não acho, que se Malu com "l" só seria uma redução de maula, tá Indira (rs), Malu com "l" tem seu valor também, tanto que até hoje só escrevia assim.
3. Para todos os grupos - Ainda não me decidí, mas preciso fazer isso logo, pois parte do enxovalzinho é personalizado, algumas peças têm o nome do bebê gravado, como o enfeite da porta, a almofada de amamentar... Tão logo me decida, postarei aqui. E saibam que a chance de ser com um ou dois "L" está 50% a 50%.


beijos e obrigada pelas opiniões e interatividade.

4 comentários:

Ameixa & Cereja disse...

Oi básica.. não pense q deixei de ver seu cantinho... Venho aqui sempre, mais não deixo comentários... Venho tão rapido!!!
Quando as dores nas costas, é assim mesmo nega... Faça o menor esforço possivel. Beejooo

Isadora Mazzoni disse...

Eu caminho em cima do destino! Se desde que escolheu pelo nome, voce, sem querer, ja chamava de Malu é pq tem q ser assim! Uaiii! Sem pontuação e nem exageros de L até pq sua duplicação nao mudará em nada, logo, n é necessária! bato o pé e continuo defendendo o lado L! hahaha e não o LL! Beijo pra vc e pra MaLu! HUNF E TENHO DITO!

Monalisa disse...

leila eu tô viciada em seu blog!!!é serio é tão legal ficar lendo suas experiências com Malu!!!é tudo tão sonhada, tão feliz, tão lindo, é realmente maravilhosa!!fico imaginando quando Malu crescer e ler tudo isso, concerteza vai ver o quento foi e é amada!!!!
beijos

Tia Aline disse...

Com um "éle" ou com dois, amo minha sobrinha igual!
:p
Quanto às dores... ótima desculpa para Rui estagiar como massagista, né não?
Fica a dica.

Beijo triplo.