terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Notícias

Oi gente, viajei esse fim de semana e não sei o porquê, o blogspot não abria de jeito nenhum, portanto não pude contar as novidades.

Segunda-feira completo 9 meses de gestação e está a cada dia mais pesado carregar o barrigão. Tenho sentido muitas dores no pé da barriga, uma pressão muito forte na vagina e uma dificuldade terrível em andar.

Como todos já sabem, passei o natal em casa, repousando e provavelmente minha virada de ano será semelhante. Não posso garantir minha presença em nenhuma reunião de família, primeiro porque Malu pode resolver querer nascer e depois porque estou completamente sem pique.

Já estou com o kit berço em casa, mas para meu desespero, o mosquiteiro ficou pequeno e curto para o berço (é mole?). Minha avó Andrelina fez a cortina do jeitinho que eu imaginei, ficou linda!

O quartinho dela já está prontinho e lindo (prometo que vou colocar fotos, só estou esperando o mosquiteiro novo e as bonequinhas dos nichos).

Amanhã tenho consulta com a doutora Sônia que está de férias, mas reservou um dia para atender suas pacientes grávidas de quase 9 meses. Penso que amanhã ela irá fazer o exame de toque e espero que ela dê um palpite sobre o nascimento de Malu, se ela acha que só chegará ano ano vem (que é o meu desejo) ou se existe realmente grandes chances dela nascer ainda esse ano, como suspeitou a médica da ultra-sonografia.

Amanhã conto as novidades da consulta e do fim de semana.

Comentários dos comentários

1. Indira - Pois é amiga, agora falta muito pouco para ela chegar... vou esperar sua visita mesmo, viu? lá na maternidade e aqui em casa.

2. Clau - Imaginei que muita gente poderia pensar que Malu já estivesse nascido por causa do meu sumiço, mas estamos aqui, firmes e fortes, esperando o ano novo para que tudo novo aconteça.

beijos

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

38 semanas


Já estou com 38 semanas e tenho me sentido um pouco estranha. Acho que o fato da médica ter dito que Malu pode nascer ainda este ano me deixou meio confusa e preocupada.

Claro que estou louca para conhecer meu bebê, mas queria mesmo que tudo acontecesse no tempo certo e a proximidade do parto está me deixando meio nervosa, temerosa, com uns pensamentos esquisitos, chorona, como se eu quisesse adiar esse momento.

Malu tem mexido muito e qualquer incômodo ou pontadinha na barriga já penso que está na hora dela nascer e fico toda agoniada.

Ontem viajaríamos para passar a anoite de Natal com nossos pais, mas durante o dia saímos para comprar coisas para levar para a maternidade (calcinhas, sutiãs de amamentação, faixa pós cirúrgica etc), chegamos em casa tarde e eu morta de cansada, como a médica pediu que eu ficasse em repouso, preferimos ficar em casa. Dormi cedinho...

Hoje organizamos um pouco a casa, joguei tanta coisa fora e amanhã vamos pagar uma faxina caprichada.

Agora estamos pintando umas caixas de MDF que depois forraremos com tecidos para guardar alguma coisinhas de Lulu. Na verdade Rui é quem está pintando tudo, eu só estou na supervisão, rs rs.

Ah! Segundo o site que compara o desenvolvimento dos Bebês a vegetais, Malu hoje é uma jaca.

Com algumas horas de atraso, gostaria de desejar um Feliz Natal a todos que estão sempre por aqui e agradecer o carinho de todos que deixam comentários animadores e esclarecedores.


comentários dos comentários

1.Dani - Que bom receber mais um comentário seu... Ô amiga, é difícil relaxar com essa expectativa, viu? Eu até tento... Mas eu sei que Malu vai chegar quando o Senhor quiser... Obrigada pelo carinho.

2. Clau - o saldo desse ano foi muito positivo para mim, além da gravidez, tive a oportunidade de conhecer algumas pessoas, como você. Torço muito pela sua gravidez e pela chegada de Pepê e realmente parece que nos conhecemos a mais tempo. Obrigada pelo carinho de sempre.

3. Juh - Ô amiga, esse também é meu desejo: que Malu venha na hora certinha. Não se preocupe que eu deixarei todos bem informados sobre tudo. Obrigada pelo carinho.

4. Priscila - Que coincidência hein? Me diverti lendo sobre seu sonho. Isso só prova que estamos bem afinadas... Obrigada pelo carinho, viu?


beijos especiais em todos, com muito carinho.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Malu pode nascer a qualquer momento

Eu achei que seria ontem. Acordei com um incômodo no pé da barriga, uma dificuldade para andar e umas cólicas suaves. Algumas pessoas já dizem que minha barriga está baixa (estou devendo fotos) e embora eu deseje que Malu só nasça em 2010, comecei a acreditar na possibilidade de tê-la em casa ainda esse ano.

Passei o dia pensativa, chorosa, preocupada, mas não fiquei em repouso. Estava na casa de minha mãe, em Candeias, mas á noite voltamos para Salvador.

Hoje tive uma ultra-sonografia (provavelmente a última) e a Drª Lívia (médica que faz minhas ultra-sons) disse que Malu pode nascer momento e que ela acha difícil que ela espere o novo ano chegar.

Meu bebê está na posição cefálica (de cabeça para baixo), o que é bom e está pressionando bastante (por isso sinto cólicas).

Segundo o laudo, meu líquido aminiótico está com uma leve diminuição e se continuar diminuindo e eu não entrar em trabalho de parto, talvez seja necessário uma cesariana, mas a médica acredita que eu entre em trabalho de parto antes .

em casa, liguei para minha médica e falei sobre o exame, ela disse que essa discreta diminuição do líquido aminiótico é comum e que não é motivo de preocupações. Sugeriu que eu ficasse em repouso e que quer me ver no dia 29 (quando ela retorna de viagem), isso se Malu ainda não estiver nascido.

Com Malu está tudo bem. A médica disse que ela não é careca - nessa hora eu comemorei, porque eu amo bebê cabeludo, mas ela disse que não é cabeluda, só não é careca. Drª Lívia disse também que ela não é miudinha.

Malu se mexeu durante todo o exame, atrapalhando o trabalho da médica, que mal conseguia fazer as medições e vivia pedindo para ela ficar quietinha. Ela também soluçou bastante durante o exame, o que chamou a atenção da médica.

Saí da clínica e vim direto para casa, na verdade parei para almoçar. Dormí a tarde toda e agora estou esperando Rui chegar do trabalho para guardarmos as roupinhas e deixar tudo pronto no quarto. Ah! Vou arrurar a mala da maternidade também (que já deveria estar pronta).



Obs. Talvez, a partir de agora, precise fazer mais de uma postagem ao dia e prometo que quando for ao hospital vou levar o notebook e a internet 3G, assim todos terão notícias fresquinhas.

Comentários dos comentários


1. Vívian - Comentários são inevitáveis, as pessoas falam o que querem, mas nem é por maldade é por não perceberem mesmo que estão sendo inconvenientes. Dizem que quando os bebês nascem os pés ainda fican inchados por um tempo, então você vai poder usar suas sandalinhas por um tempo maior e quanto às leggings, você acredita que eu não usei? só para tirar fotos. Mas são muito confortáveis para grávidas. Menina, o quarto de seus bebês, fiquei te devendo uns sites... me perdoe, mas as cores que você escolheu estão ótimas e imagino que deve estar tudo lindo. Feliz natal para você também, pegue leve nas comidinhas, viu? Obrigada pelo carinho. Beijos nos bebês e na princesinha.


2. Isa - Bom saber que você está sempre por aqui, achei que tinha me abandonado, pois é amiga, parece que tem um monte de gente visitando o blog, pena que não conheço todo mundo.

beijos

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Grávida de quase 9 meses e festa?? Não dá certo.

Esse fim de semana fui para candeias (ainda estou aqui) para ir a um casamento. Durante toda semana passada estava quase decidida a não ir, pois tenho me sentido muito cansada, pesada, e achava que nada estava caindo bem em mim.

Essa semana, numa de minhas várias idas aos shoppings da cidade (comprandocoisinhas para Malu), achei um vestido de festa e comprei. Lembram que meus pés incharam bastante essa semana? Pois bem, eles continuam muito inchados, e o pior é que quando acordo, eles já estão inchados e assim ficam durante todo o dia, de todas as minhas sandálias, apenas uma está me servindo.

Bem, só falei do pé inchado, para dizer que usar sandália de salto estava fora de cogitação e ir a um casamento de rasteirinha não é nada glamuroso, pois foi o que eu fiz. Comprei um vestido bem longo e uma rasteirinha super fashion e fui.

Meus pés incharam como nunca e coçavam bastante, a sandália (que tive que comprar um número maior que o meu) me incomodou bastante e para manter a classe nem pude lançar mão de meu 'andar de pato'.

Ainda bem que as festas de fim de ano são comemoradas em família, assim posso ir bem à vontade.

Comentários dos comentários

1.Edi - Menina, você disse tudo, as previsões começam logo que descobrimos a gravidez e não sei quando irão parar... Tenho tentado curtir o finalzinho da gestação, mas a ansiedade está batendo e com ela um certo medo está surgindo. Quanto às fotos, sei que estou em dívida, mas prometo que essa semana ainda posto algumas.

2. Aline - Amiga, amanhã tenho ultra-sonografia, adoraria que você fosse, mas acho que não vai dar né? Parece que vc só chega à noite... Boa viagem, viu?

beijos

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Previsões


Todo final de ano é sempre a mesma coisa: aparece na TV um monte de gente fazendo previsões para o ano seguinte, em todas as áreas da sociedade: política, economia, futebol etc. eu particulamente não dou crédito a nenhum desses gurus, acredito mesmo que o futuro pertence a Deus e que Ele é o único conhecedor de todas as coisas.

Todo final de gravidez é sempre a mesma coisa, as pessoas começam a afirmar os rumos de sua gestação e parto. tenho sido alvo de várias previsões. A maioria das pessoas têm apostado que Malu ainda nascerá esse ano. Mas essas previsões não são meras adivinhações sem fundamentos, as pessoas observam os sinais e fazem suas declarações.

Tenho ouvido coisas do tipo, "quando o pé incha muito é sinal de que o parto está às portas", ou "quando o pé inchar pela terceira vez, o bebê nascerá", aguns dizem que minha barriga já está baixa e portanto, Malu já quer sair, e por aí vai.

Dizem que a voz do povo é a voz de Deus, mas essa máxima não é sempre verdadeira. Meu desejo é que meu bebê só venha ao mundo em 2010 e pra ser sincera, minha intuição me diz isso também, as eu não negar que de tanto o povo falar, eu começo a pensar na possibilidade dela nascer ainda esse ano.


Comentários dos comentários

1. Juh - Que legal você ter recebido uma música de seu amor. Deve ser mesmo marcante e inesquecível... Também estou amando o fato de Malu ter uma musiquinha só dela.

2. Clau - Que bom que você gostou da música de Malu, quanto aos sustos, para mim esse é o pior: alguém chegar num lugar em que eu estou só sem que eu perceba... é realmente terrível.

3. Kari - Que bom te ver por aqui menina. Obrigada pelo carinho e volte sempre...
beijos

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Malu ganhou uma música!!

Gente, estou tão emocionada. Dia desses recebí no meu orkut um scrap de uma Tia minha, dizendo que ela havia feito uma música para Malu, que era para eu dar uma olhada na letra e que depois (pessoalmente) ela cantaria para mim. Fiquei toda animada, mas achei que era um vírus ou alguma coisa assim.


Depois ela mandou outro scrap perguntando se eu gostei da música e eu disse que não tinha visto aí ela mandou a letra para mim. É tão linda, me emocionei bastante (tipo assim, chorei). O título é "Canção para ninar Malu".

Fico tão feliz em saber que meu bebê é querido não só por mim e Rui...

Essa é minha tia Natalice, mas a gente a chama de Tai, ela é pastora e canta e toca violão muito bem, até em banda ela já cantou (banda evangélica). É minha tia mais nova (irmã de minha mãe) e além de tia e sobrinha somos amigas também.





Tai e Lula


Ela só é um pouco mais velha que eu (quer dizer, mais ou menos um pouco, rs), então quando eu era criança, parece que eu não a respeitava muito não, mas hoje tudo é diferente.

Vejam a letra da música que ela fez, depois eu prometo que vou gravá-la cantando e posto aqui.



Canção para ninar MALU

Tão esperada
Tão amada e desejada
Minha doce menininha
Tão pequenina, coisa rara, jóia fina
Coisinha mais lindinha
Que Deus fez pra mim
Minha menina
Amor da minha vida
Linda princesa
Um presente de Deus,
Malu...


Comentário dos comentário

1. Vívian - Que susto hein? Que bom que vc comentou sobre seu broblema com um susto, assim as grávidas que passam por aqui podem ler e tomar mais cuidado com isso (se bem que é difícil evitar um susto, né?). Mas graças à Deus está tudo bem com vocês três. E essas mexidas todas? Acho que você deve ficar confusa na hora de tentar descobrir qual é aquela parte do corpo, hein? porque com gêmeos é tudo em dobro... Mas deve ser uma delícia mesmo! Quanto ao inchaço nos seus pés, se omédico disse que não é nada de mais, é porque realmente não deve ser. Ontem fui ao angiologista, ele disse que não era comum ichar um pé só, mas que não era nada sério. Ele receitou uma loção e sugeriu repouso. Boa sorte em tudo com sua gravidez de gêmeos, beijos nos três.


beijos


quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Susto na gravidez


Sempre ouvi histórias de mulheres que levaram um susto muito grande enquanto estavam grávidas e imediatamente apresentaram um quadro de sangramento levando-as a um aborto.

Percebo também que as pessoas, de um modo geral, têm muito cuidado com as grávidas, fazendo de tudo para que nós não nos assustemos com nada.

No início da gestação, tinha muito medo de levar um susto, com bichos, pessoas que chegar de repente etc.

Pra falar a verdade eu até levei alguns sustos durante a gravidez. Principalmente ao volante (sempre levo uns sustinhos enquanto dirijo), o trânsito de Salvador, de vez em quando é terrível.

Mas essa semana eu levei o pior susto da minha vida. A circunstância não foi grave, mas o susto foi intenso. Lembram que eu fiquei até altas horas da madrugada fazendo uma maquete para faculdade? Então, Rui estava dormindo, era cerca de 2:00h e eu estava arrumando a bagunça que tinha feito para ir dormir também. O silêncio era absoluto, o prédio todo dormia (rs). De repente, do nada, Rui aparece na sala falando alguma coisa comigo. Gente, eu gritei tanto, tremi muito e chorei compulsivamente aos gritos (certamente algum vizinho ouviu meu escândalo).

Levei um tempo para me recompor, Rui me abraçava e eu chorava, soluçava, tremia até que fui me acalmando.

Passado o susto, veio a preocupação: E Malu? como reagiu a esse episódio? Ficamos preocupados, mexendo na barriga até que ela desse um sinalzinho de vida, só depois disso ficamos realmente tranquilos.

No dia seguinte comentei com minha GO sobre o que aconteceu, mas pelo andamento da consulta ela disse que o bebê está ótimo (que alívio!)

Às vezes fico me perguntando: será que se eu tivesse levado um susto desses no início da gestação poderia ter sido fatal? Poderia sim, portanto, gravidinhas de poucas semanas, muito cuidado.

Ah! Rui disse que já levantou da cama fazendo barulho para que eu não me assustasse (sempre levo um susto quando as pessoas chegam perto de mim silenciosamente), mas eu estava viajando nos meus pensamentos que nem escutei.


Comentários dos comentários

1. Lu - Olha, dizem que minhas pernocas ficaram mais roliças e carnudas na gravidez (as duas igualmente, rs), só nos pés que se nota uma diferença de inchaço. Tadinha de sua tia, viu? Estou indo ao angiologista hoje. Obrigada pela torcida e eu também espero que não seja nada. Beijos em Antônia.

2. Clau - Pois é Clau, meu grande dia está próximo. Sabia que eu também estou bastante envolvida com o quartinho dela que nem me sobre muito tempo para ficar ansiosa? ´Quer dizer, estou com muita vontade de conhecê-la logo e tal, mas não é aquela ansiedade ruim, que me tira o sono etc. Está ótimo assim.

beijos

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Nova Consulta


Ontem fiz mais uma consulta pré-natal. A consulta foi normal, mas o clima era de véspera de parto. Recebemos da médica uma solicitação de internamento, que devemos levar ao hospital no dia do parto.

Drª Sônia entrará em férias e ficará uma semana no interior, então, ela deixou comigo os telefones de uma médica de sua confiança para qualquer emergência. Na verdade ela ficará em férias até o dia 3 de janeiro, mas ela ficará aqui em Salvador então ela estará o tempo todo disponível.

Meus exames estavam ótimos, porém tinha um pouco de glicose na urina, mas como a glicemia deu normal, ela só pediu para diminuir um pouco a ingestão de doces e massas (confesso que nesses dois últimos meses tenho comido muitos doces, biscoitos etc).
Quando a médica mediu o útero, bateu certinho com 36 semanas.
O ponto crítico da consulta: hora de me pesar, já engordei 11 quilos, mas dessa vez ela nem brigou comigo, disse que como sou alta, nem parece que engordei tanto (tenho 1,70m).
O ponto alto da consulta: ouvir o coraçãozinho de meu bebê. É o barulhinho mais gostoso do mundo. Rui fica todo encantado.
Comentei sobre o inchaço dos meus pés, principalmente o pé esquerdo, o pior é que durmo com o pé inchado e quando acordo, ele está do mesmo jeito. A doutora sugeriu que eu fosse a um angiologista, pois pode ser algum problema de circulação. Segunda ela, o normal na gravidez é que os dois pés inchem ao mesmo tempo, mas como no meu caso, um pé está inchando mais, ela acha prudente investigar.
Minha pressão está ótima 10 por 6, foi o valor mais alto durante a gravidez, só dava 9 por 5.
É isso gente, estamos bem encaminhados para o parto, agora é esperar e confiar em Deus que tudo vai dar certo.
comentários dos comentários
1. Edi - Seu tempo de gestação pode parecer distante do final, mas passa rápido, quando você se der conta já vai estar às vésperas, como eu. Que bom que Ana Clara mexe bastante, é sinal que tudo está bem com ela e é mesmo uma delícia curtir as mexidinhas de nossos bebês. Imagino que todos que acompanham o blog devem mesmo ficar ansiosos para a chegada de Malu, agora então que falta tão pouco tempo... Olha, eu pretendo o parto normal e espero que dê tudo certo. Obrigada pelo carinho.
2. Monalisa - Pois é amiga, ainda estou presa à EBA. Fazer a maquete nem é tão cansativo, mas a gente fica muito tempo sentado, o dia inteiro, mas agora eu já estou quietinha.
3. Juh - esse foi meu problema amiga, fiquei sentada o dia inteiro e uma parte da madrugada, aí já viu né? o pior é que meu pé ainda está inchado... aff. Melhoras para seu amigo, Rui já está melhor.
4. Cláudio - Que bom que te encontrar por aqui... Seja bem vindo, viu? Pois é, esquecí de comentar sobre nosso encontro no supermercado, no caixa, no caminho para o estacionamento, no estacionamento e na saída, quando passamos um pelo outro de carro, rs. Acho que você tirou o dia para nos perseguir, rs.
5. Aline - Amiga, não se preocupe que Malu vai te esperar chegar, você ainda vai poder senti-la mexendo, chutando, vai ter tempo para ela se acostumar com minha voz e acho que ainda vai dar tempo de vc me ajudar na arrrumação do quartinho dela.
6. Priscila - "Porque você me esquece e some? Porque você não cola em mim?", rs. Tava sumida hein amiga? Estou sentindo falta das dicas que você aprendeu com suas amigas que tiveram bebês.
beijos

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Não tive tempo de postar

Ai gente, hoje eu tive dia cheio (ainda estou tendo). Acordei às 7:00h com o telefonema do rapaz que iria instalar os rodapés no quarto de Malu. A instlação foi super rápida, cerca de meia hora. Escolhi colocar rodapés de resina, pois o quarto já está pintado e este não faz muita sujeira. Achei que não seria preciso pintá-los, mas estou achando que um pintura iria conferir um acabamento melhor, então, vou pintar (eu mesma).

Rui não foi trabalhar hoje pois estava com febre, comprei umas coisas no supermercado e fiz uma comidinha de doente pra ele (rs). À tarde Rui foi ao hospital e eu fiquei em casa dormindo para mais tarde finalizar o último trabalho da faculdade - uma maquete enooorme.
Fiquei sentada até agora fazendo a maquete e quando olhei para meus pezinhos , eles estavam assustadoramente inchados, nunca havia os visto assim.

Rui me obrigou a parar um pouco para tomarmos café e em seguida colocar meus pés para cima. Estou aqui, deitada, com os pés elevados , mas já vou voltar ao meu trabalho.
Essa noite eu consegui dormir bem, não tive insônia, mas ainda não compensei as noites sem dormir direito.

Ah! o marceneiro finalizou a montagem dos móveis (finalmente). Uma das portas do guarda-roupas (que são de vidro) quebrou, aí o trabalho dele atrasou um pouco e ele só terminou domingo. Apesar da demoooora o trabalho do marceneiro ficou muito bom e quarto de minha Lulu está ficando lindo!

Amanhã tenho consulta com Drª Sônia, como sempre, no início da noite, para que Rui também possa ir.

Malu continua mexendo muito, soluçando bastante e apertando muito a minha bexiga, portanto, tenho feito muito xixi. Tirando o cansaço, estou muito bem, graças à Deus.

Comentários dos comentários

1. Lu - Que chato essas insônias hein? Só me fazem ficar mais ansiosa para Malu nascer... Que bom que vc me passou o e-mail da Clau, ainda não consigo acessar o blog dela, obrigada.

2. Rui - Nêgo, ainda bem que você entende meu cansaço e me ajuda bastante. Também acho que nossa felicidade com o nascimento de Malu irá superar o cansaço. Amém por tudo.

3. Aline - Dia 23 ainda amiga? Achei que estivesse chegando... Olhe, venha aqui em casa para dormir um dia tá?

beijos

sábado, 12 de dezembro de 2009

Paradoxo da gravidez: Muito sono e insônia.

Sempre soube que grávidas sentem muito sono. Há quem diga que é o organismo se preparando para as muitas noites em que precisaremos ficar acordadas cuidando dos nossos bebês, há quem diga que são os hormônios e há quem diga que são as duas coisas.

Agora que estou grávida, tenho lido muito sobre esse universo, e descobri que grávidas sofrem muito com insônia. Pode ser pela ansiedade, pode ser o organismo nos preparando para as muitas noites em que precisaremos ficar acordadas cuidando dos nossos bebês, rs, rs.

O fato é que essas duas condições contraditórias caminham juntas em um organismo bombardeado por hormônios, num ser fragilizado pelas circunstâncias, ansioso e sensível.

Só depois de completar 8 meses que tenho sofrido com insônia. Passo o dia bem, sinto sono cedo, durmo um pouco, mas sempre acordo de madrugada e não consigo voltar a dormir. Resultado? Passo o dia seguinte sonolenta, cansada. Se tenho tempo para dormir durante o dia, ótimo, se não, fico mal mesmo.

Essa noite foi assim, dormi às 23:00h, acordei algumas vezes para fazer xixi, mas às 4:00h já estava de pé procurando o que fazer. Dei um jeitinho na casa, coloquei umas roupas brancas de molho, fucei aqui, fucei alí e agora estou completamente indisposta, morta de sono, mas não posso dormir, pois o marceneiro está fazendo os ajustes finais de no quartinho de Malu e eu preciso dar alguma assistência.

Por falar em quartinho de Malu, Agora que os móveis estão montados, estou me sentindo mais aliviada, tá tudo tão lindo, mas ainda não está pronto. Precisamos colocar o lustre, o dimmer, os nichos, concluir a 'arte' em uma das paredes, lavar o enxoval, passar, guardar, pegar o kit berço no atelier, fechar a compra do tapete e algumas outras coisas.



Comentários dos comentários

1. Juh - Malu já é realmente muito amada e por mais que tentemos não conseguiríamos explicar como ou porque esse amor surge. Um dia você saberá direitinho do que eu estou falando. Quanto a seu pedido desesperado, rs. Foi um prazer te ajudar, já já vou adicionar o maridão, minha internet está péssima, nem pude colocar uma foto no meu perfil lá. Boa sorte, viu?

2. Lu - Sei bem como estás se sentindo, pois o quarto de Malu só foi montado essa semana, terminaram hoje. Ví em seu blog (que por sinal adorei, já lí tudo) que vocês estão em fase de mudança, agora é só esperar e torcer para que tudo aconteça dentro do tempo de Antônia. Espero realmente que ela só resolva sair quando tudo estiver prontinho.

3. Clau - Ô amiga, que bom que finalmente a mudança está pertinho, imagino a correria que está sua vida. Pelo menos falta comprar pouca coisa para a chegada de Pepê (diferentemente de mim). Ainda não comprei as coisinhas de higiene (pomadas, sabonete, shampoo etc), nem os sutiãs, camisolas...aff. Não estou conseguindo ver teu blog (e já estou com saudade). Acho que mandei o e-mail do hotmail, mas esse é ruim porque tenho fazer novo login, vou deixar meu e-mail do Gmail, pois nesse já fico logada por causa do blog: leilaragao@gmail.com.

4. Isa - Ô amiga, nunca mais tirei fotos novas, acho que vou fazer isso amanhã, aí coloco algumas aqui. Quanto ao seu aniversário, estou toda animada para ir, só deixarei de ir se estiver de cama. Pode me esperar...

beijos

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

36 semanas

Faltam apenas quatro semanas para eu conhecer meu bebê, e isso tem mexido bastante com o lado emocional. Acordo pensado nela e sabem qual é meu último pensamento antes de dormir? É nela também.

Os móveis do quarto já estão montados, o kit berço já está pronto, enxoval comprado, ou seja, tudo está encaminhado.

Não fico pensando no parto, mas sei que quando chegar mais perto desse momento vou ficar bastante apreensiva.

Apesar de faltarem apenas quatro semanas, minha sensação é que falta muito tempo ainda, parece que agora na reta final o tempo está passando mais devagar.

Tem tanta coisa que eu queria fazer antes dela chegar, queria melhorar muita coisa na casa, em mim, na verdade eu queria que tudo estivesse perfeito só esperando por ela.

Como pais, Rui e eu estamos fazendo o melhor o que pudemos para recebê-la. Desejamos que assim que ela passe pela porta de nosso apartamento, ela já se sinta em casa, se sinta acolhida, confortável, amada, querida, desejada, especial.

Nosso amor por ela só cresce a cada dia (nem sei onde esse amor vai parar).

Malu, papai e mamãe te amam muito, viu? e estamos loucos pra te ver chegar. Mas não precisa se apressar, até janeiro, dá pra gente esperar.

Comentários dos comentários

1. Jéssica - Seja bem vinda ao me cantinho, obrigada pela visita, daqui a pouco vou lá visitar o seu.
2. Juh - Depois que a gente aprende que esses soluços são normais a gente consegue curtir, mas antes disso...
3. Aline - Pois é amiga, eu odeio soluçar. Espero que para Malu não seja tão desconfortável como é para a gente. E não se preocupe que eu não sou supersticiosa e não vou colocar nenhuma linha vermelha (acho que é branca) na testa dela. Saudades amiga.

beijos

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Sabiam que o bebê soluça na barriga da mãe? Malu soluça muito!

Sempre li em comunidades do orkut, sites e revistas, depoimentos de mães falando sobre a sensação que elas têm quando os bebês soluçam ainda na barriga. Achei tudo muito estranho e ficava imaginando como seria isso. Será que dá para ouvir? (pensava eu). As mães diziam que era uma sensação maravilhosa, gostosa e eu ficava cá ansiosa para Malu soluçar logo para eu ver como é que é.

Desde o início, monitoro os movimentos de Malu, percebo as diferenças, a intensidade, a força dos chutes, os locais da barriga que ela atinge e a partir de determinada data (que eu não me lembro quando), comecei a sentir uns movimentos estranhos, a primeira vez que senti fiquei super preocupada, até chorei (pense numa pessoa neurótica).

Chorei porque esses movimentos eram ritmados, parecia um coração batendo, fiquei muito preocupada mesmo, nunca lembrei de perguntar a minha GO, mas quando via que estava tudo certo nas ultra-sonografias, relaxei.

Essas mexidinhas estranhas continuaram, até me incomodavam um pouco. De repente, me lembrei dos tais soluços, e pela descrição das outras mães, esses movimentos são com certeza
soluços.

Como eu odeio soluçar, comecei a ficar com pena do meu bebê, e ela soluça bastante, todos os dias.

Antenada como sou e sedenta por informações, pesquisei sobre o assunto e descobrí que esse suposto soluço fetal , é na verdade o bebê praticando movimentos respiratórios. Como o bebê não respira na barriga, pois os seus pulmões estão cheios de líquidos, ele então, apenas pratica movimentos respiratórios, o que nos dá a impressão de que ele está soluçando. Tudo isso é como uma espécie de treino para o aparelho respiratório.

Então, esses soluços ao invés de nos deixar preocupadas, devem na verdade nos deixar aliviadas, pois é sinal que tudo está indo muito bem e nossos bebês já estão aprendendo a respirar.

Algumas mulheres percebem os soluços da criança várias vezes ao dia, enquanto outras só de vez em quando -ambas situações perfeitamente normais.

Comentários dos comentários

1. Edi - Fico muito feliz em saber que você está sempre porque aqui. Quando comecei a escrever o blog eu pensei que só eu e marido iríamos ler, depois comentei com alguns amigos e agora tenho recebido comentários de pessoas que nem conheço, mas que dizem que estão por aqui diariamente, fico muito contente. Parabéns pelas 18 semanas de gravidez, parabéns pela princesinha. O nome dela é lindo!! Para você começar a comprar as coisinhas da Ana Clara, você já está no caminho certo - já sabe que é uma menina, assim as compras serão direcionadas. Escolha a cor que você que prevaleça no quarto e enxoval (não nas roupas, pois acho que devem ser de todas as cores). Você já pode comprar roupinhas, sapatinhos, lençóis, enfim, quase tudo. Depois que vc definir o tema do quarto, poderá comprar o kit berço, a decoração etc.
Gravidez realmente dá muita fome, mas se você passar a comer coisas saudáveis (frutas, sucos etc) e em intervalos de duas em duas horas, tenha certeza que conseguirá controlar o peso.
Imagino a felicidade de vocês com as mexidinhas de Ana Clara, é um dos momentos mais emocionantes da gravidez.
Boa sorte em tudo, seja bem-vinda e volte sempre, rs.

2. Juh - Fiquei aliviada em saber que meu tempo de coagulação é rápido. Mas hoje em dia a medicina está tão avançada, que se o médico já sabe previamente que a pessoa demora par coagular (como vc), ele já sabe pefeitamente o que fazer para driblar esse problema. Relaxe que tudo vai dar certo.

3. Lu - Pergunte mesmo a sua médica sobre esse exame, é uma coisa simples, mas é uma informação a mais que ele terá sobre o funcionamento de seu organismo. Quando a gente tem confiança num profissional, é difícil fazer qualquer procedimento com outro mesmo. Quanto a esse exame de glicemia, todos dizem que é terrível mesmo. Mês passado eu fiz um exame de glicemia e perguntei a minha médica se seria esse, ela disse que talvez nem passe esse pra mim (tomara).

beijos

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

últimos Exames?

Quando manifestei meu desejo em engravidar, minha médica passou páginas e páginas de exames de laboratório, para ver se eu estava apta a gerar uma nova vida. Passei na maioria, só fui reprovada nos exames que detectavam que eu n]ao havia tomado algumas vacinas importantes. Posteriormente, tomei todas as vacinas pendentes e aí sim pude tentar engravidar.

Agora grávida, passei por uma bateria de exames semelhante. Exames de urina e vários de sangue, tiraram tubos e mais tubos de meu precioso líquido vermelho.
Como estou no último mês, a propósito falta exatamente um mês para a minha DPP (data provável para o parto), acho que esses serão os últimos exames de laboratório que farei.

Durante o exame, a moça do laboratório disse que eu receberia uma furadinha na orelha. Espantada eu perguntei: 'na orelha'? Na verdade não conhecia esse tipo de exame. Ela me disse que o nome do procedimento é " Tempo de Sangramento". Ela fura a minha orelha e imediatamente aciona um cronômetro, aí ela vai limpado o sangue, quando parar de gotejar ela anota na minha ficha o tempo que levou para o sangue coagular. Segundo ela, isso é importante para que a médica, no momento do parto, tenha uma noção de quanto tempo durará meu sangramento.

Segundo a enfermeira, meu tempo de coagulação foi ótimo, o que para mim foi uma surpresa, pois eu sempre achei que qualquer cortezinho em mim sangra que é uma beleza.

Terça-feira pego os resultados e já levo para médica. Não lembro se comentei, mas a médica disse que nesse último mês eu deveria vê-la a cada 15 dias, mas não conseguí marcar consulta, só conseguí para a semana que vem quando estarei com 21 dias que estive com ela, acho que secretária não facilita muito as coisas para mim.

Comentários dos comentários

1. Clau - è realmente maravilhoso estar grávida, essas descobertas, as novidades, tudo nos encanta... Levantar da cama é também uma grande dificuldade para mim. Enquanto vc está com vontade de coisas azedas, eu só penso em coisas doces, nunca me ví assim antes. E a azia? Pense numa coisa que realmente me incomoda ao extremo, para mim é dos piores sintomas, mas graças à Deus tenho tido pouca, e quando tenho, o Hidróxido de Alumínio alivia quase instantaneamente.

2. Juh - Até eu estou curiosa para ver como vai ficar o cantinho de Malu, mas logo, logo estará pronto (estamos um tanto atrasados), mas agora as coisas estão avançando. A gente conversa diariamente por aqui que parece que nos conhecemos mesmo. Mesmo tendo contato apenas virtual, tenho sim um carinho grande por você, viu?

beijos

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

O peso do último mês

Sempre leio sobre os sintomas ou mudanças em cada semana de gravidez e sempre me identifico com os sintomas que os livros ou sites descrevem.

Agora que estou no oitavo mês os sintomas estão cada vez mais evidentes e mais intensos e um pouco desagradáveis também.

É engraçado como minha gravidez parece uma coisa matemática, pois os sintomas que estão descritos, para os 8 meses, começaram a aparecer exatamente no dia em que completei 8 meses.

Já sinto dificuldade para me agachar e levantar, se fico muito tempo em pé é ruim, mas se fico muito tempo sentada é ruim também. As minhas noites de sono já não são mais as mesmas, me incomoda muito mudar de posição, e levantar da cama então, é quase um sacrifício, a barriga dói, a respiração fica ruim e o pior é que tenho levantado bastante para fazer xixi.

Comecei a sentir falta de ar quando me deito, mas logo fico bem. As tonturas continuam e tive um novo desmaio nesse domingo. Sinto dores no quadril e nas costas, nada muito intenso ou insuportável.

O calor tem me incomodado bastante e dirigir já não está mais tranquilo, parece que o cinto de segurança me aperta, sei lá. Tenho sentido leves dores de cabeça e comecei a sentir o peso da barriga.

Quero deixar claro que não fico sentindo essas coisas o tempo todo. Não. Eu não estou de cama, rs. Estou bem, continuo fazendo as coisas da casa, resolvendo as coisas na rua, como estou quase de férias não tenho ido muito à faculdade, mas continuo ativa, porém, meu ritmo está mais lento e eu tenho sempre que parar um pouco para deitar.

Mesmo com todos esses sintomas é um delícia estar grávida, é muito bom perceber as transformações no meu corpo, na minha cabeça, na cabeça de Rui, no corpinho de Malu, enfim, em nossas vidas.

De qualquer forma, como já estou no último mês quero curtir muito esse finalzinho de gestação, aproveitar bastante meu barrigão e curtir muito esses últimos dias em que meu bebê está dentro de mim...

Mudando de asssunto

Ontem compramos alguns itens dos que que faltam para completar as coisisnhas de Malu. Compramos o lustre (lindo), a persiana e alguns cabides. Gente, parece que quanto mais compramos, mais faltam itens para comprar...

Comentários dos comentários

1. Juh
- Assim que o quartinho de ficar pronto vou sim tirar umas fotos e colocar a qui no blog para que vocês conheçam o cantinho dela. Espero que seu joelho fique logo 100% para que você fique bem e para que seu bebê seja logo encomendado.

2. Lu - Oi Lu, realmente não dá para saber como anda o 'ibop' do meu blog, pelo contador, dá para perceber que várias pessoas passam por aqui, mas são muito poucas as pessoas que comentam, poucas e queridíssimas. Que bom que você está sempre por aqui e gosta do que escrevo. Pelo seu tempo de gestação, você deve se identificar bastante, ainda mais estando grávida de uma menininha também. Beijos em você e em Antônia (lindo nome).

3. Clau - Pois é amiga, sofremos um pouquinho com a gravidez, mas também nos divertimos tanto com nossos filhotinhos que tudo é compensado.

4. Pri -Obrigada pelo carinho. E que bom saber que você está sempre por aqui... Olhe, não sofra por antecipação, sem ter certeza se estás realmente grávida, mas pelo que você colocou, sua vida já está encaminhada, casamento à vista, apartamento também, uma gravidez à essa altura só iria acelerar um pouquinho as coisas. Como vc mesma disse "Deus sabe de todas as coisas", de repente esse é um bom momento para ter um bebê e você nem se deu conta. Boa sorte, viu? Espero que aconteça o que for melhor para você.

beijos

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Brincando de descobrir desenho em nuvens...?

Quem nunca brincou de apontar para as nuvens e encontrar nelas o formato de algum objeto, animal ou qualquer outro ser vivo? Eu, quando criança, adorava fazer isso e encontrava nuvens com as formas mais bizarras ou engraçadas.


Rui e eu temos um passatempo bem parece com esse. Todas as noite quando deitamos para ver tv ficamos observamos os movimentos que Malu faz na barriga e tentamos descobrir que parte do corpinho dela é aquela que está mais saliente.


Pelos movimentos que ela faz, percebemos que ela já está bem fortinha pois minha barriga fica toda torta... é bem engraçado.


Tem um ossinho fino que sobe e eu juro que é o cotovelo dela, mas Rui acha que é o dedão do pé (rs). Se bem que ele procurou na internet uma imagem de um feto com 8 meses na barriga e começou a char que pode ser mesmo o cotovelo.


Mais embaixo (na minha barriga) sobe um volume maior que eu tenho certeza que é a cabela dela, mas Rui acha que pode ser o bumbum. Semana passada, minha professora de cerâmica deu um beijo na minha barriga e disse que sentiu a cabecinha dela, eu disse que não poderia ser a cabecinha porque ela já estava de cabeça para baixo e o beijo que ela deu foi na parte de cima da barriga, então ela concluiu que ela deu um beijo no bumbum de Malu, rs.

Tem outro volume que sobe na parte mais alta da barriga que eu penso ser o pezinho dela, mas às vezes eu acho que é o joelho...


Como não temos um aparelho de ultra-sonografia em casa, nos divertimos tentando advinhar. Agente coloca as mãos para tentar contornar e sentir a forma, mas parece que Malu brinca com a gente, por ela sempre se mexe, muda de posição e deixa a gente com mais dúvida ainda.


Se já é uma delícia brincar com ela dentro da barriga, imaginem quando ela nascer. Não vemos a hora, estamos a cada dia mais ansiosa.



Comentários dos comentários


1. Aline - Ô amiga, tomara que vc realmente chegue a tempo de me ver de barrigão. às vezes eu fico pensando que Malu não vai esperar janeiro chegar... Tomara que eu esteja enganada. Venha mesmo para me ajudar a passar as roupinhas dela...


2. Isa - Pois é amiga, devagar as coisas estão se ajustando. E Celeste? Nem me fale, viu?


3. Monalisa - As coisas estão se encaminhado mas ainda não está tudo pronto não, viu? Às vezes eu ainda me questiono se dará tempo...aff!

beijos

sábado, 5 de dezembro de 2009

Testando coisas

Ontem à noite, Rui e eu decidimos testar as coisas eletrônicas de Malu.

Começamos pela babá eletrônica. Enquanto eu ficava no quarto com a base fixa, Rui foi até a cozinha com a parte móvel. eu tentava falar baixinho, simulando o volume dos sons emitidos por um bebê, e de lá, Rui gritava que estava ouvindo tudo.

Depois trocamos as posições, pois eu também queria ouvir. Ele fechou a porta do quarto e ficava falando baixinho e eu, consegui ouvir tudo em alto e bom som, ou seja, fizemos uma boa compra. O legal é que além de sons a babá eletrônica também emite luzes, portanto, se por algum acaso a casa estiver bem barulhenta e não conseguirmos ouvir o chorinho de Malu, poderemos ver as luzes e correr para atendê-la. Adorei.

Não que nosso apartamento seja enorme e não consigamos ouvir o bebê, mas qualquer item de segurança para mim, nunca é demais. Vai que caiamos num sono profundo ou coisa assim. Com a ajuda da babá eletrônica estaremos sempre alertas.

Testamos também o móbile de berço, que foi um presente de titio Jocelmo, amigo de Rui. montamos tudo, encaixamos as peças, penduramos os bichinhos e ficamos procurando o local onde colocamos as pilhas, e para nossa surpresa, o móbile funciona à corda(oba! não vamos nos preocupar em ficar trocando pilhas).

Enquanto uma musiquinha é tocada (tipo caixinha de música), ele vai girando e os bichinhos parecem voar, acho que Malu vai adorar. Os bichinhos, que na verdade são incetos (tem bezourinho, libélula, e outros que não soubemos identificar) são bem coloridos e engraçadinhos.

Quando recebemos o móbile de presente, achei muito colorido e pensei que não ficaria em harmonia com o quarto que está tão delicado, tão clarinho, mas depois que abrimos a caixa, vimos que a estrutura dele é toda branca e só os bichinhos que são bem coloridos.

Foi uma delícia testar essas coisinhas, a música do móbile criou uma atmosfera diferente no nosso quarto e tudo isso só me deixou mais ansiosa para janeiro chegar.

Normalmente, nessa época do ano, eu estaria animadas com as festas de fim de ano, com o culto de natal na Igreja e estaríamos pensando onde passaríamos o reveillon. Vocês acreditam que eu nem penso nisso? Só penso em Malu, na chegada dela e no quanto nossa vida vida vai mudar (para melhor) com um bebê em casa...



Comentário dos comentários



1. Juh- Pois é amiga, se apresento os sintomas de cada mês, é sinal que tudo está bem, graças à Deus!!



beijos

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

8 Meses!! Já??



Pois é minha gente, hoje completo 8 meses de gestação ou 35 semanas. É incrível como nossas sensações mudam ao longo dos meses.

Estou menos preocupada, mais confiante, mais relaxada só continuo ansiosa, mas até o foco da ansiedade mudou, hoje fico ansiosa para conhecer meu bebê, para trazê-la logo para casa (não que eu queira que ela venha antes da hora, quero mesmo é que o tempo acelere, rs). Vivo olhando o enxovalzinho dela, tá tão lindo (quando lavar e passar tudo, coloco umas fotos).

Muitas mudanças ocorreram no bebê e em mim. As mudanças físicas são óbvias e visíveis, mas também passei por mudanças emocionais. Transito entre a irritação e a calma numa questão de minutos, me distraio facilmente, sinto uma forte disposição para fazer as coisas e num outro momento sinto uma moleza, me sinto carente, sozinha, abandonada, rs. Vivo repetindo para Malu que ela vai ser minha companheirinha, já que o maridão trabalha durante o dia.

Alguns sintomas desse período que tenho apresentado:

1. Movimentos fetais fortes e regulares - Malu se mexe com tanta intensidade que minha barriga fica toda deformada, é muito engraçado e delicioso também;

2. Aumento da umidade vaginal (leucorreia) - Aff, esse corrimento me acompanhou durante toda a gravidez e dizem que agora no último mês, tende a piorar;

3. Congestão nasal e sensação de entupimento do ouvido - Engraçado que meu nariz vivia entupindo antes da gravidez, quando soube que na gravidez iria piorar, me desesperei, mas comigo aconteceu o contrário, meu nariz está se comportando direitinho;

4. Prisão de ventre - Continuo fazendo o 'número 2' (eca!) todos os dias, meu intestino nunca se comportou tão bem, mas tá meio duro, às vezes preciso fazer uma força extra, rs;

5. Azia e dificuldade de digestão - Não tenho sentido muita azia, mas percebo uma grande dificuldade de digestão, sobretudo à noite. Como uma besteirinha e fico horas com a sensação de empazinada, sem contar que os líquidos parecem querer voltar para a boca o todo tempo todo;

6. Cãimbras nas pernas - Continuo sentido aquelas que doem bastante, principalmente quando estou dormindo. É horrível;

7. Possível inchaço dos tornozelos e dos pés, e às vezes também das mãos - Depende do meu comportamento. Anteontem por exemplo, fiquei o dia inteiro sentada fazendo um trabalho da facul, à noite meus pés estava terrivelmente inchados, como nunca estiveram.

8. Possíveis dores de cabeça, às vezes desmaios e tontura - Muita tontura, um desmaio e raras dores de cabeça (hoje acordei com ela...);

9. Surgimento de algumas veias varicosas e/ou hemorróidas - Apareceram uns vazinhos nas pernas, meus seios estão verdes de tantas veias. Mas não surgiram hemorróidas (graças à Deus);

10. Dores nas costas - Também depende de como me comportei durante o dia. Se faço algum esforço extra, ou fico numa posição desconfortável, fatalmente minhas costas doem;

11. Falta de ar e dificuldades para respirar - Até agora só senti um pouco disso ontem, mas sei que pode piorar a partir de agora;

12. Insônia - Não a tenho, porém tenho acordado muito cedinho;

13. Sensação de coceira no abdomen - Aff. Já dediquei um post a esse tema, sinto muita coceira, mas percebí que quando exagero no uso dos cremes e óleo, quase não sinto coceira;

14. Contrações de Braxton Hicks - Já sentí algumas vezes (eu acho, rs), também já dediquei um post a esse tema.

15. Colostro, que pode gotejar dos seios - Principalmente quando faço os exercícios, mas são só gotinhas mesmo, nunca jorrou.

De acordo com o site que compara o desenvolvimento do feto à vegetais, Malu hoje é um melão.

Comentários dos comentários


1. Juh - Pois é Juh, eu não merecia passar por essa!! Mas vou conversar com minha médica e torcer para que consiga os atestados. Quanto ao post da retrospectiva, que bom que vc gostou. Enquanto o escrevia, me emocionava lembrando de cada etapa...



2. Clau - Pois é amiga, a professora bem que podia se sensibilizar, afinal ela já passou por isso acho que duas vezes. Que bom que vc engravidou formada, pois é um sufoco viu? já estou imaginando como serão os próximos semestre... Mesmo assim acho que Malu está chegando na hora certa. E vc, 9 meses em jejum amiga? rs. Que bom que as complicações se limitaram às primeiras semanas e agora está tudo bem com vocês. Boa sorte no chá de fraldas, viu? vai dar tudo certo.


beijos

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Gravidez X Faculdade

Eu digo e repito, gravidez não é doença, mas provoca em algumas grávidas uma série de mal estares que acaba nos deixando de cama ou simplesmente mais quietinhas.

Engravidei no semestre passado e tudo se encaixou de tal forma que daria perfeitamente para eu cursar esse semestre até o final, uma vez que as férias serão agora em dezembro.

Me matriculei em cinco disciplinas, porém numa delas (desenho de observação) eu teria que ficar a manhã inteira sentada num banquinho bem desconfortável que logo no início acabei desistindo. Os professores foram ótimos comigo, entendiam meus mal estares e compreendiam minhas faltas e disseram que eu não precisaria apresentar atestado, pois eles sabem que estou grávida. Algumas aulas eram muito cedinho e eu sempre acordava meio indisposta, além da minha pressão que está sempre muito baixa, o que me deixa meio tonta.

Agora estou praticamente de férias, com muita dificuldade consegui concluir as disciplinas, principalmente porque duas colegas, Rita e Paloma (dois anjos) me ajudaram nos trabalhos.

Como nem tudo são flores, a professora da disciplina mais importante para o curso está exigindo atestados médicos para justificar algumas faltas. Mas quando sinto mal estar não vou ao médico, fico de repouso em casa, portanto, não tenho esses atestados.

Estou com todas as notas da disciplina (muito boas por sinal, rs rs) mas posso ser reprovada por falta. Será que a médica pode me dar atestado sem eu ter ido ao médico? (espero que sim). O problema agora é saber as datas, pois a professora já encerrou o semestre. Ai meu Deus!

Mudando de assunto

Lembram que eu falei que queria fazer uma coisa especial numa das paredes do quarto de Malu? Então, tá ficando linda, tão charmosa, tão mimosa, tão elegante estou apaixonada, e o melhor de tudo, Rui e eu é quem estamos preparando tudo. Acho que o quarto dela vai ser meio moderninho, mas delicado e infantil. Agora que estou quase de férias posso me dedicar totalmente às coisinhas dela e daqui há alguns dias o quartinho e tudo dela estará pronto.

Comentários dos comentários

1. Aline - Ô amiga, obrigada pelo carinho, viu? Que bom que vc está vindo!! Espero que fique por mais tempo dessa vez. Malu vai adorar sua voz...

2. Clau - Pois é amiga, resolvi fazer uma retrospectiva da gravidez, que bom que gostou. Desejo o mesmo para 2010, que nossos bebês venham com muita saúde.

3. Priscila - Pois é amiga, engravidei em abril mas o processo iniciou em janeiro, na verdade iniciou no ano passado com as vacinas etc. Esse ano foi mesmo muito especial, como eu espero que sejam todos os próximos anos de nossas vidas. Obrigada pelo carinho.

beijos

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Dezembro - Final de ano, final de gravidez

Em todos os anos, a chegada do mês de dezembro me trás uma série de reflexões sobre o ano que está acabando. Penso nas coisas boas e ruins que aconteceram durante o ano, lamento as perdas, comemoro as conquistas e faço projetos para o ano seguinte.

Esse ano, o fim de ano está coincidindo com final da gestação e minhas reflexões e pensamentos, invariavelmente se concentram neste tema.

Lembro de quando tudo começou, em janeiro, quando eu comecei a tomar o ácido fólico, a partir daí eu comecei a me sentir diferente, pois um sonho estava começando a ficar perto de se tornar real.

Fevereiro foi o último mês em que tomei o anticoncepcional e a partir daí minha ansiedade passou a me dominar. Muita gente dizia que se eu ficasse ansiosa daquele jeito eu nunca conseguiria engravidar.

Nossa primeira tentativa de engravidar aconteceu no mês de março, eu vivia fazendo contas sobre meu período fértil, período da ovulação... parecia uma obseção. Mas ao mesmo tempo eu orava muito e pedia a Deus para tomar o controle de tudo.

Em abril, minha menstruação deveria chegar no dia 1 ou dois, e não chegou, fato que me encheu de esperança, mas no dia 4, ela chegou (fiquei tão arrasada), mas aí, as pessoas me consolavam dizendo que eu tinha acabado de parar com os anticoncepcionais e que eu deveria dar um tempo para o meu organismo, uma vez que eu não dava intervalo entre as caixas de pílulas. o resto do mês de abril, foi marcado por contas, sobre os dias férteis, ovulação etc.

Em maio, minha menstruação deveria chegar no início do mês, ela não chegou, mas eu tive todos os sintomas de TPM, inclusive cólicas terríveis (como nunca senti em toda a minha vida), precisei ir ao hospital e no dia 6 (se eu não estiver enganada), tive a confirmação: estava grávida de 1 mês. Essa foi uma das melhores notícias de minha vida e da de Rui também (Eu imagino). ficamos muito felizes, bobos, ríamos à toa (ainda rimos). Exatamente nesse dia experimentamos um novo sentimento: amor por um filho (é algo inexplicável). Esse também foi o mês em que iniciei o blog.

Em junho já estávamos completamente apaixonados pelo nosso bebê e ficamos ansiosos para ouvir o coraçãozinho dele(a), rs.

Em julho estávamos curiosos para saber o sexo e nervosos com primeira ultra-sonografia morfológica e foi meu primeiro aniversário grávida, até uma festa surpresa eu ganhei.

Em agosto a confirmação de que era uma menininha (fiquei tão feliz!!), depois veio a escolha do nome.

Em setembro nosso amor por Malu estava em taxas elevadíssimas e fizemos a morfológica do segundo trimestre.

Em outubro começamos a organizar o quartinho dela, compramos os móveis e a ansiedade por conhecê-la só aumentou.


Novembro foi o mês em que pintamos o quarto, compramos o enxoval, foi também o mês do chá de fraldas e do aniversário do papai Rui.


E dezembro? Espero que seja o mês em que Malu continuará crescendo e se desenvolvendo na minha barriga, também espero que seja o mês em que o quartinho dela fique todo pronto e lindo.

Para o próximo ano? Espero um parto abençoado, um bebê saudável e um ano cheio de amor pela minha filhinha...

Comentários dos comentários

Juh - Ai amiga, to tentando ser forte, viu? Mas ás vezes é difícil... espero realmente que eu não tenha estrias, senão os custos da gravidez serão muito elevados para mim: cicatrizes e marcas de espinhas, manchas de carocinhos nas costas (estou cheia), vazinhos e ainda estrias? Eu não mereço, rs rs.

Aline – pois é amiga, uma gravidez é cheia de detalhes, cheia de coisinhas... se prepare, viu? Quanto à minha beleza... sei não, viu? Há controvérsias.

beijos

domingo, 29 de novembro de 2009

Coceira na barriga e seios

Essa semana, minha barriga e meus seios começaram a coçar muito. E é uma coceira tão forte que é quase impossível não cair na tentação e coçar. Inclusive, ontem na loja de enxoval, tive uma espécie de crise de coceira...

Como sei que o ato de se coçar é um dos principais responsáveis pelo aparecimento das tais estrias, evito ao máximo passar as unhas na minha pobre barriguinha, mas é tão difícil.

Para minimizar os possíveis efeitos do prurido (nome técnico para essa sensação de coceira), estou intensificando o uso do óleo de amêndoa e do creme para prevenção de estrias. Já experimentei vários cremes: Mater Skin, Gerare, Hidramamy (meu favorito) e O Boticário, que é o que estou usando ultimamente, no início da gravidez enjoei muito com o cheiro dele, mas agora já consigo usar (embora o cheiro,ainda não me agrade). O óleo de amêndoas que uso é aquele vendido em farmácia, o fedorento (soube que é o mais eficaz, então, desde o início da gravidez só uso ele).

Segundo especialistas, as fibras elásticas da nossa pele ficam distendidas durante a gravidez, e quando essas fibras se rompem surgem as estrias. Detalhe, pode acontecer que uma grávida tenha estrias mesmo sem se coçar, pois as fibras se rompem apenas com o estiramento mesmo, portanto, o recurso é hidratar muito a pele, de preferência com um bom creme combinado com o óleo de amêndoas ou apenas o creme ou ainda apenas o óleo de amêndoas.

Ao utilizar os cremes, é bom dar atenção especial ao quadril, barriga e seios, pois são as partes do corpo que mais 'esticam', lembrando que ao passar os produtos nos seios, nunca passar nos mamilos, uma vez que os mesmos não podem ficar muito hidratados, pois podem ficar muito sensíveis e ferir facilmente.

Essa noite eu acho que senti coceira a noite toda, pois sonhei que algumas tias minha (Natal, Marly, Marlene e Irene) se juntavam para coçar minha barriga, e eu ficava o tempo todo avisando para elas não passarem as unhas, aí ela ficavam passando pente, escova... rs.

Meninas grávidas, se a coceira for muito forte, tentem coçar com a ponta dos dedos (sem usar as unhas) ou passar a palma das mãos abertas, isso alivia a coceira e os resultados não são tão nocivos.

Comentários dos comentários

1.Juh - Se você ficar falando que acha o andar de pato charmosinho, eu vou acabar o adotando como meu andar oficial, viu? rs. Quanto as espinhas, eu falo tanto nelas porque realmente estão demais, eu mal consigo me encarar no espelho... mas eu não fico lamentando não. feia, mas feliz!!

2. Vívian - ô amiga, eu vou te passar umas dicas de decoração de quarto para menina e menino... é que eu num corre-corre que acabei esquecendo. Quanto aos comentários, não sei o que está acontecendo... Beijos nos gêmeos, viu?


beijos

sábado, 28 de novembro de 2009

Enxoval quase pronto!!


Hoje foi um dia cheio para nós, e delicioso também (e cansativo também, tá bom).

Saímos cedo de casa e compramos os materiais para a cortina do quartinho de Malu. Compramos o tecido, varão, ponteiras, enfim quase tudo.

Fomos ao shopping almoçar, acabei encontrando minha grande amiga Luana e sua família. Matamos a saudade conversamos um pouco depois Rui e eu seguimos para a segunda parte da maratona de compras. Compramos lençóis, toalhas, cueiros, fraldas de pano, mantas, roupinhas, tiaras, mamadeiras, tesourinha para unha (ai gente, foi tanta coisa que não vou lembrar para listar aqui).

Depois fomos a outra loja comprar as coisas que não encontramos na primeira. Acabei comprando um spray com um cheirinho bem suave para o quarto e um para as roupas.

Estou me sentindo tão aliviada pois agora 90% das coisinhas dela estão compradas. Próximo passo? Lavar tudo e depois passar. Vou levar tudo para a casa de minha mãe, pois lá tem mais espaço para secar e tem ela para me ajudar.

O kit berço também deve estar quase pronto, mas falta comprar alguns itens de decoração.

Agora estou em casa, exausta, mas pelo menos meus pés não incharam.


Mudando de assunto


Malu continua mexendo bastante, parace que já não há tanto espaço para ela treinar seus passos de balé. Tem alguns lugares que ela atinge que dói... Essa semana minhas espinhas pioraram, estou me achando horrível, mas estou feliz, pois sei que elas existem como consequencia de uma boa causa.


Comentários dos comentários

1. Aline - ô amiga, adorei a comparação com Gisele Bundchen, e acho que vc tem razão. Se ela que é um ícone da elegancia está andando assim... eu também posso.

2. Clau - Pois é Clau, eu até tento, mas é difícil manter a postura com esse barrigão, viu?


beijos

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Andar de Pato

Ví esse termo num site para gestantes e me identifiquei totalmente. Tenho notado que nos últimos dias estou com um andar estranho, tipo de pato mesmo (aff).

Se faço um pouquinho de esforço a mais, sinto um incômodo na coluna (bem lá embaixo, perto do bumbum) e dores terríveis nas pernas. Resultado? Ando com as pernas abertas, com a mão na cintura, horrível!!!

Se estou na rua, evito andar dessa forma, ando meio torta, meio troncha, mas não como um pato, porém, se estou em casa, libero geral!

Minha casa é cheia de espelhos, e ao passar por um deles ontem com esse andar, fiquei chocada!

Mas, segundo especialistas, esse 'andar de pato' é uma estratégia do nosso organismo para compensar o peso da barriga, por isso jogamos as costas para trás e abrimos as pernas na hora de andar, com o intuito de proporcionar equilíbrio diante das novas condições do corpo.

Pode até ser confortável andar assim, mas devo admitir que não é nada elegante. Então entre a elegância e o conforto, eu fico com a elegância na rua e com o conforto, em casa, rs.

Comentários dos comentários

1. Juh - Oi querida, Rui agradeceu os parabéns. E não é que a torta ficou boa mesmo? Pena que foi pequenininha... Quanto ao tempo que me resta para providenciar tudo, eu espero realmente que dê...

2. Raquel - Oi querida, se eu não estiver enganada, você já deixou um comentário aqui no blog. Que bom saber que meu blog não faz parte só da minha rotina. Que bom que vc gosta de estar sempre por aqui... Obrigada pelo carinho. Bom saber que vc é de São Paulo, não imagina que meu blog estava indo tão longe assim, rs rs. beijos.

beijos

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Estamos atrasados!

Hoje eu só passei aqui para resmungar um pouco...

Gente, o quarto de Malu parece que não anda. Primeiro foi a demora para achar um pedreiro para aplicar Vedacit numa das paredes (essa tal parede era úmida e ficava com mofo) e colocar a porta. Depois tivemos que achar um outro pedreiro para tirar a porta, pois o primeiro pedreiro fez um péssimo trabalho. Aí tivemos que recolocar a porta com um marceneiro (coisa que deveríamos ter feito desde início).

E por falar em marceneiro... ele me prometeu os móveis para o final de outubro e até hoje, nada. Essa semana ele iria trazer, mas precisava da medida dos puxadores que eu esquecí que tinha que comprar.


E por falar nos puxadores... Rodei Salvador inteira atrás de puxadores infantis, mas eu queria que fossem lindos e charmosos, porém só achava aqueles de mdf ou de plástico. Depois de muito andar, achei uns puxadores de resina que me agradaram, mas foi no lugar mais caro da cidade. Decidi procurar um pouco mais, como não achei, tive que comprar no lugar mais caro mesmo, para piorar, não tinha a quantidade que eu queria (aff), mas no final deu tudo certo, já estou com os puxadores (lindos).


O marceneiro disse que hoje ele trará os móveis e amanhã ele vem montar (tomara que seja verdade). O pior é que o rapaz que irá instalar os rodapés depende do marceneiro, por causa de um painel que está no projeto....


Ah! Queríamos colocar um ventilador de teto no quartinho dela, mas parece que não será possível por causa dos fios, da eletricidade, sei lá.


Até o tapete que quero encomendar depende dos móveis, pois quero ver tudo no lugar para decidir a dimensão exata do tapete, que levará alguns dias para ficar pronto.


Tudo bem que Malu provavelmente chegará a partir de 10 de janeiro (com fé em Deus), mas se ela fosse apressadinha e quisesse chegar com 7 meses por exemplo, não estaria nada pronto e se ela resolver chegar com 8 meses? Não quero nem pensar.


Tenho fé que meu bebê chegará no tempo certo, mas eu já estou ficando cansada. Se ando muito meus pés doem, sem contar que a toda hora quero fazer xixi, rs. Além do mais, fui aconselhada a repousar bastante nesse último mês.


Mudando de assunto

Ontem fiz uma mini torta de chocolate para Rui, espalhei uma bolas pela casa e batí os parabéns para ele (eu fui a única convidada da festa).
Uma fotos da festinha dele, rs.







Comentários dos comentários

1. Clau - pois é amiga, que bom que encontramos excelentes companheiros que certamente serão excelentes pais para nossos filhos... Rui agradece os parabéns.

2. Aline - Um beijo para você também amiga e Rui agradece os parabéns.

3. Renata - Rui agradece os parabéns. Parabéns também pelo seu aniversário que foi ontem, no mesmo dia de Rui.

beijos




quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Feliz Aniversário Papai Rui

praia do fortre 2008


Morro de São Paulo 2009



Hoje é o aniversário de meu amor e por razões que todos conhecem, esse ano tem um gostinho especial.

O principal presente está bem guardadinho dentro de mim, mas ele só vai poder abrir em janeiro (rs).

Este é o último aniversário em que seremos apenas um casal, nos próximos já seremos uma família (embora já nos sintamos uma família). Como Rui mesmo disse, esse é o primeiro aniversário dele com Malu e eu imagino que ele deve se sentir muito feliz por isso, pois esse ano foi também meu primeiro aniversário com nossa filha e eu me senti "a mãe do ano".

Rui, eu quero mais uma vez dizer que viver com você é uma delícia. Que o meu amor por você só cresce a cada dia e que casar com você foi uma das decisões mais acertadas de toda a minha vida.

O meu desejo é que você seja sempre muito feliz (ao meu lado, rs), muito abençoado, que Malu traga muitas alegrias para você e te encha de orgulho sempre.

Tenho certeza que você será um excelente pai, como você é um excelente marido. Você é um presente de Deus pra mim e eu não poderia ser mais feliz se não fosse com você.

Te amo muito e quero estar sempre ao seu lado, por toda a minha vida.

Mensagem de Malu para o papai:

Papai, tenho muita vontade de nascer logo pra gente poder brincar, pra você me carregar no
colo e me jogar pra cima, pra gente brincar de casinha e de boneca.
Eu gosto muito da sua voz, viu? Gosto quando você me chama de Lulu, Luluzinha, Maluzinha, quando você canta musiquinha pra mim, quando você me beija pela barriga da mamãe, quando você me diz 'te amo filhinha'.

Feliz aniversário, viu papai? Te amo muito, pra mim você já é o melhor pai do mundo.
Um beijo

Comentário dos comentários
1. Clau - O pior não é nem a quantidade de quilos que engordei, mas sim o fato de está me sentindo gorda mesmo. Tô com o rosto redondinho, os braços forte, aff. Sem contar com as broncas que sempre levo da médica...

2. Monalisa - ô amiga, engordei sim, 8 quilos, até agora... rs. Obrigada pelo carinho, mas quando você me vir pessoalmente de novo vai ver como estou meio rechonchuda.
beijos