quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Toda grávida precisa DESACELERAR


Hoje eu acordei não me sentindo muito bem. Sabe quando você acorda com sono? Com o corpo mole? Todo dolorido?

Como sei que nada acontece por acaso, pensei nas coisas que fiz ontem e constatei que meu mal estar hoje é reflexo de atividades intensas no dia anterior.

Eu reconheço que definitivamente, preciso DESACELERAR.

Sempre fui muito ativa, se tenho algo para fazer, não consigo esperar ajuda de ninguém (o maridão às vezes me pede para esperar por ele, quando tenho que fazer algo que requer um certo esforço), vou lá e faço logo tudo.

Tenho ouvido muitos conselhos de quem já esteve grávida, e todas são unânimes em dizer que a gestante precisa andar num ritmo mais lento, evitar grandes esforços, colocar os pés para cima e relaxar.

Não faço nada disso. Vocês acreditam que eu odeio deitar e colocar os pés para cima ? Embora saiba que é bom para mim, evita que meus pés inchem - eu não consigo. Eu subo e desço o tempo todo, resumindo: Eu não paro quieta.

E sofro as consequências depois: cansaço excessivo, dores pelo corpo, tonturas, aquele desmaio etc.

Me orgulho de ter uma gravidez tranquila, sem problemas, mas reconheço que tenho que fazer minha parte.


Estou praticamente na reta final - faltam cerca de 8 semanas para o meu bebê nascer. Tenho que me conscientizar que estou mais pesada, mais frágil e sensível.

Mas é importante também que a nossa mente desacelere. Às vezes acordo de madrugada para fazer xixi e não consigo mais dormir, pois começo a pensar nas coisas que tenho que fazer no dia seguinte, pensar nas coisas que faltam para a chegada de Malu e não consigo relaxar.

Se eu puder dar um conselho para todas as grávidas que passam por aqui, eu digo: DESACELEREM.


beijos


Comentário do comentário

1. Ameixa & Cereja - Estava sumida hein? Está vendo? Blog Gravidíssima também é cultura, rs rs. Quando vc engravidar, já vai estar expert no assunto... rs. Não suma assim mais não, viu?

3 comentários:

Lu disse...

Leila,
também acho difícil de desacelerar. Mas as vezes, é inevitável! Tem hora que dói o corpo quando eu tento ir além do que aguento.
E fico pensando no meio da noite também quando acordo pro xixi que tenho que montar o quarto logo, que tenho que fazer o tal chá de bebê, lavar as roupinhas... e começo a divagar até perceber que tenho que dormir de novo.
Coisa de grávida!
Beijos para vocês duas!

Clau disse...

Dona Leila, mamãe da Malu! Trate de desacelerar, agora com 7 meses precisa descansar bastante!

Eu durmo toda noite com um edredon para erguer as pernas, me faz dormir melhor!

Um beijão

Indira Falcão disse...

desacelere mas n nos abandoneeeeeeee
nunca mais vi vcs duas
q saudadesss
a barriga deve ta gigantesca!
:*