segunda-feira, 2 de novembro de 2009

De hoje em diante só quero boas notícias


Tão logo descobrimos a gravidez, nós grávidas, ficamos com a sensibilidade à flor da pele. Brigamos por qualquer razão, nos emocionamos e choramos por qualquer motivo. Porém, existem situações que nos deixam, além de chorosas e emocionadas, angustiadas e preocupadas.

Infelizmente, durante a gravidez, recebí notícias muitas desagradáveis. Notícias de falecimento de pessoas queridas, e até de desconhecidos (dependendo das circunstâncias em que aconteceram as mortes) me abalaram profundamente.

Especificamente, três pessoas me deixaram muito fragilizada com suas mortes. A primeira foi quando eu tinha uns dois meses de gestação - uma tia que era irmã de minha avó. Com quatro meses de gestação foi Mazinho, um primo, jovem, cheio de vida e super querido por todos. E quando eu estava com quase 6 meses, D. Hosana, avó de umas amigas, que era como uma avó para mim.

Desde o início, todos procuram ser batante cuidadosos ao me dá uma notícia dessas, pois não dá para esconder de mim tais acontecimentos.

Outro tipo de notícia que se eu pudesse, ninguém me contava é a de complicações em partos, problemas com bebês ou gestantes.

Essa semana faleceu uma mulher no dia em que seu bebê nasceu, eu a conhecia de vista. Todos da minha família, optaram por não comentar comigo, mas a notícia acabou "vazando" e chegou aos meus ouvidos. Anteontem, depois de ouvir uma história sobre complicações no parto, me lembrei da outra história e tive uma "crise" de choro. Chorei de soluçar, enquanto alguma pessoas, sem entender o motivo, tentavam me consolar.

Tenho muita fé em Deus e sei que tudo vai dar certo pra mim. Que o nascimento de Malu será abençoado e que seremos muito felizes. Mas é muito ruim ouvir essas histórias.

Diante do exposto, eu declaro: De hoje em diante, só quero boas notícias.


Mudando de assunto

1. Meus pés estão terrivelmente inchados hoje. E pelo que pude observar, eles só incham quando eu viajo. Em Salvador eles se comportam direitinho, mas é só eu pegar a estrada, para eles inflarem.


Comentários dos comentários

1. Clau - Algumas mamães recentes que conheço comentam que compraram roupas que seus bebês nunca usaram, justamente pela questão do clima... Em relação às qantidades de itens do enxoval, já estou me informando e quando comprar posto aqui as quantidades que comprei. Menina, também soube que a Natura estava em promoção para essa linha Mamãe e Bebê, vou procurar uma consultora e garantir minha toalha...

2. Juh - Também achei um exagero 10 jogos de lençóis, mas tiveram outros itens que também achei exagerado, mas que algumas mães me disseram que era mesmo necessário. mas estou pesquisando e sondando, acho que não vou cometer nenhum exagero não.

3. Priscila - Você está bem interada, hein? Sempre que puder vá postando essas dicas... sei que vc é amiga de algumas mamães, portanto, fala com conhecimento de causa. E esses bicos de silicone, menina? Dizem que são tudo de bom, certamente serão um item na minha lista de compras.

2 comentários:

Juh** disse...

Infelizmente coisas ruins acontecem, seja com grávidas ou não, mas nesse momento delicado que vc está, acho melhor mesmo que vc não fique sabendo de nada, e que as pessoas continuem evitando te contar coisas ruins, afinal de contas, pra que ficar sofrendo assim neh?
Bjocas e fique bem.

Monalisa disse...

[b]Leila não temas, por que o senhor está com vocês...e muitas pessoas inclusive eu, pedem em suas orações que ele envolva vocÊS, as protegendo, cuidando...
vai dar tudo certo, Malu virá trazendo muito amor e alegria♥