sábado, 21 de novembro de 2009

Outra preocupação com o parto normal

Ai gente, ontem eu falei sobre um dos meus medos em relação ao parto normal. Hoje quero falar de outro, mas estou meio sem jeito, porque é uma questão meio nojenta.

Já estão imaginando o que é, não é?

Quem pensou que tenho medo de fazer cocô durante o parto, acertou.
Estive lendo sobre o assunto e descobrí que fazer o número 2 enquanto se está tendo neném, é mais normal do que podemos imaginar.

Infelizmente é algo que não podemos evitar e se evitarmos fazer força para não defecarmos, também estaremos evitando fazer força para que o bebê saia. Ou seja, não tem jeito. Se durante o parto existir algo para sair além do bebê, esse algo, infelizmente, vai sair mesmo (eca!).

Mas há uma luz no fim do túnel, normalmente, as primeiras contrações que sentimos, ajudam a esvaziar o intestino. É isso mesmo, junto com as primeiras contrações, dá uma vontade de fazer cocô (que bom!). Portanto, antes de entrar no trabalho de parto propriamente dito, podemos aproveitar e dar uma passadinha no sanitário, rs.

Se a vontade de ir ao banheiro não aparecer com as primeiras contrações, nos hospitais eles costumam dar um remedinho para limpar o intestino antes do parto (vou conversar urgentemente sobre isso com minha GO).

Agora, se acontecer de uma mulher defecar durante o parto, não é motivo para grandes constrangimentos, uma vez que os médicos e enfermeiros já estão habituados com essa situação.

Pronto, era sobre isso que queria falar hoje. Sei que é um assunto meio fedorento, porém, é uma realidade que faz parte do universo das grávidas...

Tomara que eu não passe por isso, pois certamente morreria de vergonha... rs, rs

Comentários dos comentários

1. Isa - ô amiga, estava com o tempo bem apertado essa semana, então vinha aqui, postava rapidinho e pronto. mas... atendendo a pedidos, cá estou comentando de novo, rs...

2. Lu - Pois é Lu, em relação a episio, eu concluí que é ruim com ela, porém é pior sem ela. E como vc disse, o que é que a gente não faz pelos nossos bebês?

3. Juh - ô amiga, obrigada pela força, desejo muito ter um parto tranquilo, desejo mais ainda que meu bebê fique bem durante todo o processo. Quanto a deixar de comentar os comentários, foi só essa semana, viu? Olha eu aqui de novo comentando, rs, rs.

beijos

4 comentários:

Juh** disse...

Bom, isso acontece mesmo rs... mas é dificil, é como vc explicou ai no seu post, (ta super bem informada hein amiga?) mas com certeza se acontecer com vc, vc não vai saber (Na maior parte não se percebe), e pode ter certeza que nenhuma enfermeira vai ser chata ao ponto de te contar rs...
Relaxa!!!
Bjocas

Tia Aline disse...

Eu nunca pensei nessa possibilidade, da mãe fazer força demais e acabar fazendo cocô...
As vezes acho que Deus exagerou com aquela história de "terás teus filhos com dores". A dor vai além da física, poxa!
Ainda tem a "dor moral"... :(
***
Do cocô da mãe eu não sabia. Sei do cocô (mecônio) do feto: Eu passei da hora de nascer e acabei liberando esse troço na barriga da minha mãe. Mainha diz que eu não sou pontual desde o nascimento! kkk

Saudadona de vocês 3!

Beijo, Eua! Beijo, Rui! Beijo, Malu!!!!

joseane disse...

Pois é amiga,

Isso realmente acontece, acho que comentei com você uma certa feita, uma amiga minha lá de Candeias coitada ficou se sentindo horrível por ter acontecido isso com ela, ela me disse que não tinha onde enfiar a cara, ficou morta de vergonha, porém, o medico junto com as enfermeiras trataram logo de acalmá-la nesse sentindo dizendo que isso acontece e é normal, que ela não tinha sido a primeira, tão pouco seria a última a passar por aquela situação fatídica. Enfim, trate de se despreocupar e ficar relaxada, se isso acontecer pode ter certeza que não será somente com você, outras milhares de grávidas em todo mundo pode estar passando pela mesma situação que a sua.

Sendo assim, relaxe e Maluzinha virá ao mundo linda e cheia de saúde com fé em Deus.

Beijos

A Monalisa disse...

Nossa é bom nem parar pra pensar nisso, pq se nós mulheres paramos pra pensar em tudo que fazemos... só nós mesmo para passar por tudo isso e ainda manter a feminilidade, os homens com certeza não aguentariam!!!!rsrsrsrsrrsrs