sábado, 3 de outubro de 2009

Pais instigantes, bebês criativos

Rui, eu e Malu
Antes de iniciar no tema de hoje, gostaria de pedir desculpas por não ter postado ontem. Tive um dia cheio ontem e quando tive tempo, senti umas dores fortes nas costas, ou seja, não me senti confortável.



Vocês sabiam que os bebês respondem a estímulos mesmo quando estão dentro da barriga da mãe?

Essa semana eu comprei uma revista sobre decoração de quarto de bebês, e dentre tantas reportagens havia uma que falava sobre a importância de estimular os bebês (já nascidos) com o intúito de desenvolver sua inteligência, reflexo, percepção, sentidos e principalmente e criatividade. Porém, havia um tópico que falava da importância de estimulá-lo quando ele ainda está no nosso ventre.

Na matéria, o neurocientista aocnselha 3 tipos de estímlos:

1. Conversa - A partir do quinto ou sexto mês de getação, o bebê já consegui ouvir direitinho. Se ele se acostumar com a voz da mãe, será capaz de reconhecê-la aqui fora - esse estímulo traz segurança para o bebê.
Já converso com minha filhinha há um tempão e Rui também. Já ouvi relatos de mães contanto que seus bebês nasceram chorando muito, mas quando os médicos os entregaram a elas, e elas conversaram com eles, imediatamente pararam de chorar. Não é lido?

2. Ouvir Mozart - Como a audição é um dos primeiros sentidos a se desenvolverem, devemos investir nele. Porque Mozart? Segundo pesquisas, algumas melodias compostas por ele estimulam a memória e a atenção.
Já dediquei uma postagem a esse tema. Malu já escuta Mozart e adora. Tem músicas que ela fica quietinha, tem outras que ela se acaba de dançar...

3. Brincar de pega-pega - Esse estímulo eu particularmente adorei. O especialista sugere que você dê suaves apertos na barriga. Se o feto estiver relaxado, começará a se mover, na tentativa de se esquivar de seus dedos - esse é um sinal de criatividade, uma característica inata ao ser humano, que para se desenvolver precisa de desafios apropriados para cada etapa do crescimento da criança.
Comecei a fazer essa brincadeira com ela, e é muito interessante perceber como ela realmente tenta se desviar do "obstáculo". Agora a pouco Rui e eu ficamos impressionados com a inteligencia de nosso bebê. Tão pequenininha, mas tão esperta, rs rs.

Fonte: Revista Casa Cláudia Bebê Edição 2 em 1. Edição1

beijos
...........................................

Comentários dos comentários

1. Aline - Sabia que parece quetodos acham mesmo que a gente manda na ansiedade? S e assim fosse eu jamais escolheria ser ansiosa. Olhe, tenho certeza que você se orgulhará de sua cria, assim como eu vou me orgulhar da minha. Ou seja, sua dissertação ficará tão boa, que você ficará o tempo todo babando por ela. Amiga, seu apelo foi ouvido, Rui finalmente saiu do casulo e resolveu voltar a postar.

2.Monalisa - Não quero te enganar não, viu? Mas dizem que mesmo que a pessoa seja um poço de tranquilidade, quando engravida, fica ansiosa. Talvez você não chegue ao meu estágio, mas certamente, um pouquinho ansiosa você ficará. E ainda bem que seu projeto baby é só para deposi do projeto casamento, rs.

3.Clau - Acho que até o final da gestação vamos passar por várias etapas da ansiedade... Quanto ao chá de fraldas, quem está organizando para mim é minha mãe lá na cidade onde eu morava antes de casar (que é coladinha com Salvador). Eu estava pensando em fazer um aqui também com minhas amigas, mas não tenho certeza. Agora se vc está decidida a fazer, na internet vc encontra idéias legais.Eu até já fiz brincadeiras em chás de cozinha e bebê de várias amigas. Você poderia pedir a alguém para providenciar umas brincadeiras, pois o legal é que sejam supresa até para você.

4. Raquel - Prima, acho que de tanto vc falar, Mallu vai acabar nascendo mesmo no dia de seu aniversário. Se isso realmente acontecer, prometo que a cada festinha que a gente fizer para ela, vamos bater parabéns pra você também e te chamar para partir o bolo com ela... Cadê tassyo?

5.Nêgo - Que bom que você comentou. Acho que todos estavam achando que você era um pai que não participava de nada... Agora que você tocou no assunto, acho que vou fazer um post sobre as músicas que cantamos pra ela, as músicas que alteramos a letra em função dela e as músicas que ouvimos pensando nela. Acho que ela vai ficar bem feliz em saber o quanto ela foi amada e desejada por nós...

4 comentários:

deise_docinho2004 disse...

prima n acredito q o rio tava ruim desse jeitoooo
poxaaa
bom saber q tudo continua indoi bem com minha menininha...
manda bjo pra ela
eu n comento muito mas estou sempre aqui!
bjoss

Raquel disse...

kkk' será que ela vai nascer mesmo no dia do meu niver ?

Que legal! Agoora entendo por que Mallu mexeu quando falei com ela, ela sentiu a minha presença e e pensou "Uiia, minha priima Raquel!" kkkk' Fiquei Feliz xD

Tassyo disse...

Gente... Raquel se achaa neehh ?
'spaoskapsokp ¬¬'

Mallu escuta Mozart .. 'uiaa que chiquee, phina e delicada.. deve ficar meditando, relaxando os musculos, pensando na vida aqui fora .. haah ! E quanto a vocês Leu e Rui, é bom mesmo que vocêds aproveitem enquanto ela esta na barriga, pq depois o unico Mozart que vc's vão ouvir vai ser o choro de Mallu ... e de madrugada. 'rsrs
Mais concerteza vai ser mesmo, música para os ouvidos de vocês.

E o pega-pega ? 'kkkk
Que menina viiu ? Jha na bariga está assim, imagina qdo sair ? 'hoho Seguraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa !!

Beeijoss people !

Tia Aline disse...

Leilinha, eu queria tanto acompanhar tudo isso "ao vivo"... Estou morrendo de saudades de tu!
***
Eis que uma garota-prodígio está a caminho, rapaz!

Dois pais babões e corujas... acho que já está na hora de comprar babadores pra vcs, viu?!?!

E o Lombardi apareceu... Uia!!! Saudades de você também, Rui. Você é a presença masculina do blog! (Sem querer tirar a importância de Tassyo: primo é primo mas pai é pai!kkkk)

BEijão para a Família Barreto!

:D