quinta-feira, 25 de junho de 2009

"Felicidade se acha em horinhas de descuido".


Já estou com dois meses e meio de gestação, mas às vezes parece que 'a minha ficha ainda não caiu'. Não sei bem explicar, mas são tantos afazeres no dia-a-dia, sobretudo agora que estou no finalzinho do semestre na faculdade, cheia de trabalhos, provas e seminários, que às vezes eu não mentalizo que estou grávida.

Hoje foi um dia desses... acordei cedo, depois de uma noite não muito bem dormida, por conta de meu nariz entupido e fui fazer uns trabalhos da faculdade. depois de umas três horas de intensa concentração, eu me lembrei, de repente, que estou grávida e também de repente, fui tomada por uma alegria, uma felicidade inexplicável. Me lembrei de um poema de Guimarães Rosa, no qual ele diz que "felicidade se acha em horinhas de descuido", assim aconteceu comigo.


---------------------------------------------------------------------------------

Hoje eu senti que minha barriga cresceu um pouco mais para baixo e um pouco mais para cima, deixe eu me explicar. Minha barriga estava apenas com um volume no centro, agora el já está com um volume mais acima e um volume mais abaixo. Nunca mais senti enjôos ou tonturas, só as dores nas costas que permanecem.

4 comentários:

Tia Isa disse...

Que saudade dessa barriga!!
Quando vou te ver?
BEIJOOS

Tia Aline disse...

Eu adoro essa do Guimarães Rosa. Ouvi pela primeira vez num dvd de Maria Bethania.
Ai, essa tal felicidade!

Saudades muitas, Eua!

ruibarreto disse...

É uma sensação muito boa!!!
Já me peguei assim também, indo para o trabalho, no ônibus!!

Bjs

Indira Falcão disse...

que liiiiiindo papai sentindo as mesmas coisas ^^
bju barrigudinha :*