sábado, 5 de dezembro de 2009

Testando coisas

Ontem à noite, Rui e eu decidimos testar as coisas eletrônicas de Malu.

Começamos pela babá eletrônica. Enquanto eu ficava no quarto com a base fixa, Rui foi até a cozinha com a parte móvel. eu tentava falar baixinho, simulando o volume dos sons emitidos por um bebê, e de lá, Rui gritava que estava ouvindo tudo.

Depois trocamos as posições, pois eu também queria ouvir. Ele fechou a porta do quarto e ficava falando baixinho e eu, consegui ouvir tudo em alto e bom som, ou seja, fizemos uma boa compra. O legal é que além de sons a babá eletrônica também emite luzes, portanto, se por algum acaso a casa estiver bem barulhenta e não conseguirmos ouvir o chorinho de Malu, poderemos ver as luzes e correr para atendê-la. Adorei.

Não que nosso apartamento seja enorme e não consigamos ouvir o bebê, mas qualquer item de segurança para mim, nunca é demais. Vai que caiamos num sono profundo ou coisa assim. Com a ajuda da babá eletrônica estaremos sempre alertas.

Testamos também o móbile de berço, que foi um presente de titio Jocelmo, amigo de Rui. montamos tudo, encaixamos as peças, penduramos os bichinhos e ficamos procurando o local onde colocamos as pilhas, e para nossa surpresa, o móbile funciona à corda(oba! não vamos nos preocupar em ficar trocando pilhas).

Enquanto uma musiquinha é tocada (tipo caixinha de música), ele vai girando e os bichinhos parecem voar, acho que Malu vai adorar. Os bichinhos, que na verdade são incetos (tem bezourinho, libélula, e outros que não soubemos identificar) são bem coloridos e engraçadinhos.

Quando recebemos o móbile de presente, achei muito colorido e pensei que não ficaria em harmonia com o quarto que está tão delicado, tão clarinho, mas depois que abrimos a caixa, vimos que a estrutura dele é toda branca e só os bichinhos que são bem coloridos.

Foi uma delícia testar essas coisinhas, a música do móbile criou uma atmosfera diferente no nosso quarto e tudo isso só me deixou mais ansiosa para janeiro chegar.

Normalmente, nessa época do ano, eu estaria animadas com as festas de fim de ano, com o culto de natal na Igreja e estaríamos pensando onde passaríamos o reveillon. Vocês acreditam que eu nem penso nisso? Só penso em Malu, na chegada dela e no quanto nossa vida vida vai mudar (para melhor) com um bebê em casa...



Comentário dos comentários



1. Juh- Pois é amiga, se apresento os sintomas de cada mês, é sinal que tudo está bem, graças à Deus!!



beijos

3 comentários:

Tia Aline disse...

Ai, que agonia! Tô doida pra chegar logo o dia que chegarei aí!
Quero tirar uma foto contigo antes que Malu resolva sair do casulo...

"Espera a tia, bebê!!!!!"

Quero tanto ir ai, fuçar as coisas de Malu, dar um beijo estalado na barriga... avecoisalinda!

Saudadona de vocês.

Beijo triplo (o de Malu é estalado!).

:D

Isadora Mazzoni disse...

Leiliinha!!!
Que bom que as coisas estão se encaminhando! E celeste ainda tá procurando confusão com as faltas é?me poupe viu! malu quando nascer vai dar uns tapas nela! hahahaha BEEEEIJO

A Monalisa disse...

Falta bem pouquinho pra Malu chegar^^, e que bom que já está tudo lindo e arrumado, e você pensando que não ia dar tempo rrsrsrsrsrr
beijos