quarta-feira, 1 de julho de 2009

Gravidez não é doença. Mas inspira cuidados!


Definitivamente gravidez não é doença. Mas uma grávida possui uma série de limitações sim. limitações que deverimam ser compreendidas e respeitadas por todos.


Os três primeiros meses de getação, são os que requerem mais cuidados por parte das futuras mamães, pois são os meses que o bebê está se formando, seus principais órgãos, membros e tecidos. Portanto, todo cuidado é pouco.


Mesmo se não necessitamos ficar em repouso médico, precisamos reduzir nosso ritmo, evitar carregar peso, ficar muito tempo em pé, evitar fazer grandes faxinas em casa. Pegar leve mesmo.


Mas sempre que eu me recuso a fazer algo alegando que estou grávida, aparece alguém para dizer: gravidez não é doença. Normalmente quem faz essa afirmação não está e nunca esteve grávido.


Não quero dizer com isso que a vida tem que parar enquanto estamos grávidas, claro que não. Continuo dirigindo, indo para a faculdade, arrumanda a casa... fazendo quase tudo que sempre fiz, mas com moderação.

5 comentários:

Isadora Mazzoni disse...

Amiguinha!!!!
Hoje passei pela sessão de bebês do mercado e pensei tanto em vc!
Fiquei paradona na frente olhando as coisinhas e algo me fez ficar olhando pro rosa como se eu soubesse que fosse menina! Oh meu Deus viu.. Toda hora eu recebo um sinal diferentE! Ainda bem que só temos duas opções, não é?HAHAHAH

Beijooos

Tia Aline disse...

É o que eu digo, Isadora: Ou será menino ou será menina.
50/50!
:)
Doença? Gravidez é saúde e a tua será cheia dela!
Pode se preocupar com teu bebê mesmo, amiga. Você tem todo o direito.
Beijo triplo, neguinha!

Ellen disse...

VC ESTA CERTISSIMA LEILA TEM QUE TER O MAXIMO DE REPOUSO QUE VC PUDER TER, MINHA MÃE DIZ QUE OS 4 PRIMEIROS MESES SÃO CRITICOS E TEM QUE TER MUITO CUIDADO, CONHEÇO MUITAS MULHERES QUE NOS PRIMEIROS MESES NÃO TIVERAM CUIDADO E PERDERAM O BEBÊ.

Anônimo disse...

Pois eu fiquei doente no primeiro trimestre da unica vez q fiquei gravida.
Nao conseguia comer nada, mal conseguia levantar da cama com tanta dor de cabeca, febre e enjoo. Durou um mes fortemente. Depois ficou mais leve e no quarto mes passou de vez.
Meu filho nasceu com 4,4kg, entao imagina se no oitavo mes eu conseguia andar e carregar peso?
Algumas mulheres sofrem ainda mais... Felizardas as q nao passam mal, mas eh mto facil dizer pra alguem q passou o mes todo vomitando q "gravidez nao eh doenca".

Nani disse...

Estou grávida de 35 semanas, ee minha filha já está querendo nascer, um pouco antes da hora, mas as dores não passam, minha mãe ee meu marido ficam falando q gravidez não e doença, queria ver se eles estivessem sentindo as mesmas dores q eu estou...